Evolução

Tratamento incorreto ou tardio pode levar a outras doenças como a cirrose

Remédios de diferentes formatos, cores e tamanhos.

A falta do diagnóstico ou a demora para o tratamento da Colangite Biliar Primária (CBP) pode levar a progressão da cirrose – lesões no fígado que se cicatrizam formando fibrose e fazendo com que o órgão perca sua função e caminhe para a falência completa. Esse processo leva, em média, um período de 10 a 20 anos.

É importante ressaltar que a cirrose é o estágio final de várias doenças hepáticas que não tenha sido diagnosticada a tempo de tratar a sua causa. As cicatrizes causadas pela doença podem, inclusive, causar a insuficiência renal.

O transplante hepático é o último recurso de cura para a CBP. Este tratamento apresenta um resultado muito favorável, com taxas de sobrevida de 5 e 10 anos em torno de 80% e 70%, respectivamente.

Por isso, estar atento aos sintomas é fundamental e a quem atinge.